CONSELHOS PARA MIM MESMA

Qual conselho você daria para você de 10 anos atrás?

Quando chegamos a certa idade, não dá para fazer corpo mole com a vida. Não existe essa de “deixa a vida me levar”, você precisa tomar a rédea do futuro e seguir em frente.

Se eu pudesse mandar um recado para a Talita de 10 anos atrás com certeza seriam esses 5 conselhos!

Não posso voltar ao tempo, mas posso talvez fazer diferença na vida de alguém! Leia com carinho!

conselhos que eu daria para mim mesma

#1 – Não dê ouvidos para quem te desmotiva

Quando se é uma adolescente criativa e inquieta as nossas ideias e formas de passar o tempo são diferentes dos adolescentes normais. Sendo assim qualquer ideia que eu tinha era – as vezes ainda é – acompanhada da seguinte frase: “Você é doida”. Essas três palavras tóxicas me faziam questionar minhas ideias e sempre acabava desanimando de um projeto ou outro.

Hoje eu olho para trás e vejo que eram ótimas ideias, algumas eram bem inovadoras e outras eram práticas e tinham a possibilidade de crescimento, mas o fato de acreditar que é muito nova para tal tipo de responsabilidade faz você se julgar com incapaz.

Escute você mesma e nunca duvide de sua capacidade!

 

#2 – Ficar na rua vagabundando com os colegas não vale suas notas baixas

Ficar na rua conversando e jogando conversa a fora com os colegas era o que eu mais gostava de fazer. Com certeza isso era muito mais interessante do que sentar e estudar, minhas notas eram baixas, mas eu nem me importava. O que eu queria era aproveitar, isso foi ótimo para minha inteligência social, mas sentar e me esforçar para estudar, ainda que fosse algo além do conteúdo escolar, teria feito toda a diferença na minha vida hoje.

A escola é chata? Escolha alguma coisa para estudar e se dedique a isso!

 

#3 – Leia os clássicos

Não leia os 12 volumes da coleção Gossip Girls, a série irá mudar quase todo o roteiro mesmo! Ler os clássicos da literatura com certeza é muito mais proveitoso, afinal de contas, nenhum clássico se torna clássico por mero acaso.

Ilíada, A República, A Arte da Guerra, O Príncipe, Dom Quixote, Hamlet, Os Sofrimentos do Jovem Werther, O pequeno príncipe, Em busca do tempo perdido, Os Miseráveis, O Conde de Monte Cristo, As Flores do Mal, A Comédia Humana, além de Machado de Assis, Graciliano Ramos, Guimarães Rosa e Machado de Assis.

Essas literaturas parecem tão distantes, mas falam mais sobre a humanidade e sobre si mesmo do que você pode imaginar. É uma experiência única que só um clássico pode oferecer.

Os clássicos oferecem uma noção da realidade humana que atravessa as barreiras do tempo.

 

#4 – Guarde o seu dinheiro

Ter uma reserva financeira pode ser o fator determinante entre fazer algo incrível com total liberdade todos os dias e trabalhar para enriquecer outras pessoas. Por isso coloque na balança tudo o que parece ser super interessante e necessário e lembre-se que o dinheiro gasto nunca mais volta.

Se organizar o quanto antes para ter um fundo financeiro é o melhor que se pode fazer.

 

#5 – Garotos não são tão importantes assim

Não mesmo! Geralmente eles irão te fazer sentir insegura, sem importância e até ficarão com sua melhor amiga.

O segredo é avaliar! Pense assim: “eu sentiria vergonha de ter me envolvido com essa pessoa no futuro?” Se sim, pula fora!

Sua prioridade deve ser sempre ser você!

Imagem

Você também vai gostar!

Comentários

  1. Oi, Talita! Estreando minha visita ao seu blog! 🙂 Definitivamente eu me daria o conselho 4! Claro que não passaria o início da vida adulta pensando no amanhã, mas teria comprado menos coisas desnecessárias!! Muito legal, beijos!!

  2. Oi, Talita! Estreando minha visita ao seu blog! 🙂 Definitivamente eu me daria o conselho 4! Claro que não passaria o início da vida adulta pensando no amanhã, mas teria comprado menos coisas desnecessárias!! Muito legal, beijos!!