SAÚDE | EU E A ENXAQUECA

Eu e a Enxaqueca, a Enxaqueca e eu. Algumas vezes acho que somos uma dupla inseparável.

Eu me lembro de sentir um mal-estar extremamente forte por diversas vezes na minha infância. Era muito pequena para identificar os sintomas, aí eu acabava chegando ao extremo da dor.
A minha enxaqueca é hereditária, minha mãe tem e minhas avós tinham. Ou seja, não tinha como eu escapar.

enxaqueca

VSCO Cam App – HB1

Nunca encontrei um tratamento totalmente eficiente que eu me adaptasse e tive que ir aguentando.

Algumas vezes eu paro e penso no quanto de coisas eu perdi por causa da enxaqueca.

Nesses momentos eu sinto como se minha vida estivesse sendo roubada.

Continue lendo e conheça as minhas técnicas para lidar com a enxaqueca!


Já tratei com Homeopatia, mas os glóbulos demoravam muito para fazer efeito. Cheguei a passar uma noite inteira em claro tomando os remédios, coisa se doido. Engraçado que o na mesma época eu tratava a Enxaqueca e uma infecção urinária crônica. Fiquei curada da Cistite, só da Cistite.

Já tentei acupuntura, foi lá que eu aprendi a usar o gelo para amenizar a dor. Hoje eu não vivo sem uma bolsa de gelo. Ajuda muito, tentem.
E, claro, eu também fiz tratamento com neurologista. Na primeira vez não deu muito certo. Não adaptei a medicação.
Só depois de algumas crises de aura com dormência nos braços e rosto que eu voltei pro neuro.
Gente, imagina o desespero de começar a ver manchas brilhantes, muita dor e sentir seus braços, pernas e rosto dormentes. Pânico total! Demorou um tempo para entender que era um sintoma da enxaqueca.

Hoje eu faço tratamento direitinho, não tem como escapar dos remédios controlados. Eles e alguns hábitos têm ajudado bastante.

Confira minhas técnicas:

Ando sempre com o remédio -Naramig – na bolsa.

Quando percebo uma crise se aproximar eu já tomo a medicação.

Uso uma bolsa de gelo na área da dor e na nuca.

Mantenho o registro das crises, tenho usado o Diário da Dor App.

Uso anticoncepcional continuo. As oscilações de humor do ciclo menstrual me deixam louca e como muitas crises.

Evito comer algumas coisas. A alimentação é um dos principais fatores de gatilho das enxaquecas. Nos dias bons, sem previsão de dor, eu como, quase, de tudo.

Evito som alto. No mp3 player, na TV e onde eu puder evitar.

Fujo de situações que me deixe ansiosa. Essa é a parte mais difícil, mas super necessário.

Me convenci que eu não posso fazer tudo o que eu quero na hora que eu quero, mas aprendi que com planejamento e organização dá! Assim a ansiedade vai embora.

Alguém aí sofre desse mal? Quais as técnicas para lidar com a Enxaqueca?

Você também vai gostar!

Comentários